Del.icio.us | Perfil | Contato

Carregando...

segunda-feira, outubro 30, 2006

Metodos Chapeu Negro (Black-hat)

Métodos Chapéu Negro de SEO são técnicas de otimização de ranking, os quais são desaprovados pelos Motores de Busca, tipicamente porque são considerados meios depreciativos, e não comprometidos em propiciar conteúdo de alta qualidade aos usuários. Os Motores de Busca geralmente penalizam os sites que eles pegam se utilizando dessas técnicas, através da redução do PR (ou do Ranking) ou da eliminação da URL do site dentro das páginas já indexadas (ou remoção para a caixa de areia). Geralmente as penalidades são implementadas automaticamente pelos algorítmos dos motores de busca, uma vez que a remoção manual se tornaria morosa e onerosa, dado o tamanho que a Internet alcançou.
Spamdexamento é a promoção de páginas irrelevantes e geralmente comerciais (ou que visam lucro) através de técnicas excusas que enganam os motores de buscas.
Ainda não foi gerado um consenso entre os "entendidos" do assunto sobre quais meios são aceitáveis ou não aceitáveis quando falamos em aumentar violentamente o tráfego advindo de Motores de Busca.
Spamdexamento, algumas vezes, é confundido com práticas Chapéu-Branco (White-hat), o que não tem nada a ver. Spammear, envolve conseguir uma maior exposição do site do que ela merece (pela qualidade e conteúdo que a página tem), gerando resultados não satisfatórios. Otimização envolve conseguir o ranking que o site merece considerando as palavras e o objeto ao qual ele trata, gerando satisfação ao usuário quando ele busca determinado assunto.
Quando descobrem, os motores de busca geralmente tomam ações bruscas e rígidas contra aqueles que tentam usar métodos antiéticos de SEO. Em fevereiro de 2006, o
Google removeu tanto o site alemão da BMW quanto o site alemão da Ricoh, por usarem essas práticas.
Cloaking, remete à camuflagem, e representa a prática de apresentar uma página aos spiders e apresentar outra versão para os visitantes humanos.
Se os sites da
BMW e da Ricoh foram punidos severamente o que inibe o seu de também o ser?
Talvez você apresente um contra argumento da infinidade de sites na internet (já falado) e que porque o Google se preocuparia com você. Muito cuidado ao ter esse pensamento, pois sabemos que em um mundo competitivo, existe o grande incentivo à denúncias de webmasters que possuam sites concorrentes à você se ele descobrir que você faz uso dessas técnicas. A concorrência é que permite ao Google ficar tranquilo quanto a isso. Se você investe tempo, recursos pagando publicidade, etc... e um espertão desses começa a bombar e jogar você no buraco se utilizando de técnicas sujas, o que te impede de botar a boca no trombone?
Nada.
Se você se interessou sobre o assunto Black-hat, conheça o artigo sobre spamdexamento, tradução de um artigo do
wikipédia que eu publiquei no verdinhas.

O que é Spamdexamento?

Para denunciar aos tres principais motores de busca eis os links:

Google -
Clique aqui
Yahoo -
Clique aqui
MSN -
Clique aqui

Abraços e até mais! Se cuida.


2 comentários:

Micox disse...

Em um site que eu fiz no passado , antes de conhecer as WebStandards e a semântica (além de outros truques).
Eu já fui banido.
Eu tinha trabalhado com excesso de links apontando pra mim mesmo e ocultando via javascript.
ME ferrei. Agora aprendi a lição.

Paulo Rodrigo Teixeira disse...

É isso mesmo Micox. Nunca, em hipótese alguma, arrisque técnicas de Black Hat SEO. O resultado pode ser rápido, mas não compensa a longo prazo.

Em 2005 escrevi um artigo que pode ajudar para quem quiser entender mais:
http://www.imasters.com.br/artigo/3106/seo/search_engine_optimization_o_que_nao_fazer/

Grande abraço,